DESENVOLVA A HISTÓRIA,

Segundo o ministro do Interior, a polícia “prendeu a pessoa que deixou a bomba” que explodiu na Avenida Istiklal, em Istambul.

A polícia turca prendeu pelo menos um suspeito no ataque a bomba no centro de Istambul seis pessoas morreram e outras 81 ficaram feridasinformou a agência estatal Anadolu.

O ministro do Interior, Suleyman Soylu, disse à agência de notícias na segunda-feira que o suspeito sob custódia é a “pessoa que deixou a bomba que causou a explosão” em uma rua movimentada da maior cidade da Turquia.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, havia descrito anteriormente o ataque de domingo na Avenida Istiklal como “insidioso” e disse que “cheirava a terrorismo”.

Ele disse que as informações iniciais indicavam que uma “mulher” estava envolvida no ataque.

O ministro da Justiça, Bekir Bozdag, disse mais tarde à A Haber Television que a mulher foi vista sentada em um dos bancos de Istiklal Caddesi por mais de 40 minutos. A explosão aconteceu minutos depois que ela se levantou.

“Existem duas possibilidades”, disse ele a A Haber. “Ou há um mecanismo embutido nesta bolsa e ela explode, ou alguém explode de longe [it]“.

A Al Jazeera recebeu imagens da mulher suspeita de estar por trás do atentado.

Sinem Koseoglu, correspondente da Al Jazeera na Turquia, disse que as autoridades acreditam que ela é membro do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Koseoglu disse que as autoridades acreditam que dois jovens também estavam envolvidos.

By Ortega

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *